Reportagem especial sobre a primeira década sem Hilda Hilst

Dedicada à escritora e poetisa paulista Hilda Hilst, a capa da edição de janeiro da Revista Brasileiros reproduz foto exclusiva, em preto e branco, feita por Fernando Lemos, o cultuado fotógrafo português radicado no Brasil. Clicada em 1964, a imagem integra série pessoal produzida pelo amigo e permaneceu inédita por quase cinco décadas (há outros registros do mesmo ensaio na reportagem).

Autora de clássicos impregnados de erotismo, como O Caderno Rosa de Lori Lamby e a Obscena Senhora D., apesar de reverenciada pela crítica literária, desde o início de sua carreira, Hilda foi mulher a frente de seu tempo e, não por acaso, rotulada por alguns de “pornógrafa”. Dona de uma beleza arrebatadora, sedutora implacável, ela tentou flertar até mesmo com o galã Marlon Brando, como revela nossa reportagem, em uma das tantas histórias deliciosas compiladas em Nunca Houve uma Mulher Como Hilda.

Em fevereiro, será completada uma década da morte de Hilda, aos 74 anos. A efeméride será marcada pelo lançamento de um documentário, uma minissérie, reedições de títulos fora de catálogo e escritos inéditos. A reportagem, de Gonçalo Júnior, reúne, entre outros, depoimentos de Fernando Lemos, de amigos inseparáveis, como o jornalista Jorge da Cunha Lima, e de Gabriela Grebb, diretora do filme Contato, Hilda Hilst Pede Contato – documentário focado no período em que a escritora dizia ter o dom de conversar com os mortos, por meio de ondas de rádio e de TV, e do ronronar de gatos.

Revisitando nossa história, mas em episódio mais ameno, e com o bom humor que lhe é peculiar, o escritor Mario Prata, em mais um capítulo de Grandes Brasileiros, “entrevista” Pero Fernandes Sardinha, o Bispo Sardinha, morto e devorado por índios, em 1556, num ritual antropofágico da tribo Caetés.

Além das dicas mensais imperdíveis, nosso Caderno de Literatura traz também uma entrevista exclusiva com Pilar Del Rio, viúva do escritor José Saramago, vencedor do prêmio Nobel de Literatura de 1998.

Com informações da assessoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *