Concurso Literário Cidade de Manaus pagará prêmios de até R$ 5 mil a ganhador

Com o objetivo de promover autores locais e nacionais, o Prêmio Literário Cidade de Manaus, chega a sua quinta edição. As inscrições, que começaram no final do ano passado, seguem até o dia 17 de abril.
Segundo Márcio Souza, diretor do Conselho Municipal de Política Cultural (ConCultura), o concurso segue com sua estrutura inicial, porém, este ano, a premiação que geralmente era feita com a edição das obras – mil exemplares eram impressos, sendo cem deles entregues ao escritor – mudará.
“Chegamos à conclusão que o prêmio em dinheiro era muito melhor que entregar os livros impressos. Não tínhamos como fazer a distribuição das obras que restavam e tudo acabava ficando encaixotado”, explica.Os vencedores nas categorias nacional e regional receberão R$ 5 mil e R$ 3 mil, respectivamente.“Após o resultado, teremos a preocupação de conversar com cada um dos autores selecionados e explicar a maneira mais objetiva de fazer com que suas obras sejam publicadas por uma editora de repercussão nacional e assim, fazer com que os seus livros sejam distribuídos para todo o Brasil. Poderemos, inclusive, enviar cartas com a certificação do próprio conselho, dando um aval de que o material é de qualidade e merecer ser publicado”, comenta.

Os prêmios nacionais são divididos em 14 categorias e os prêmios regionais possuem seis categorias. Ao todo são R$ 93 mil em prêmios.

Internacional
Apesar de desde seu início o prêmio conseguir ter uma abrangência até mesmo internacional, Souza destaca que está em parceria com o Itamaraty, para que cartazes sejam afixados em embaixadas com o intuito de atingir escritores de países vizinhos. “Acreditamos que quanto mais internacional melhor. O nosso interesse é justamente esse. Queremos que haja uma interação e troca de informações de diversos escritores independentemente da sua nacionalidade”.

O diretor avalia, ainda, o prêmio de forma positiva. “Tive a oportunidade de ser jurado nas primeiras edições e confesso que é um concurso de altíssima qualidade. Estamos com uma ótima expectativa nessa reta final. Para nós, quanto mais obras inscritas melhor. Queremos ter o prazer de mostrar cada vez mais o poder da leitura e o quanto novos autores estão surgindo. É uma forma, inclusive, de incentivar aqueles que tem esse sonho, o sonho de ser um escritor”.

Confira as categorias concorrentes: 

Prêmio Álvaro Maia – melhor romance ou novela, Arthur Engrácio – melhor livro de contos, prêmio Violeta Branca Menescal – melhor livro de poesia, Péricles Moraes – melhor livro de crônicas, AldemarBonates – melhor texto teatral para adultos, Álvaro Braga – melhor texto de teatro Infantil, Samuel Benchimol – melhor livro de ensaio socioeconômico, Mário Ypiranga Monteiro – melhor ensaio sobre tradições populares (folclore), Arthur Reis – melhor ensaio histórico, Luiz Ruas – ensaio sobre literatura, Cosme Alves Neto – melhor ensaio sobre cinema, Áureo Nonato – melhor livro de memória, Clóvis Barbosa – melhor texto de jornalismo literário, Alfredo Fernandes – literatura infantil.

Confira o regulamento através do site: concultura.manaus.am.gov.br

Com informações da assessoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *